Conselhos da Dra. Fátima Carvalho para evitar problemas nos pés e melhor a imunidade em tempos de Coronavírus

coronavírus podologia

24 Mar Conselhos da Dra. Fátima Carvalho para evitar problemas nos pés e melhor a imunidade em tempos de Coronavírus

coronavírus podologia

O panorama atual é a designada quarentena; é a fase pela qual a maior parte dos Portugueses e do mundo está viver e a ordem é FIQUEM EM CASA, evitando assim a infeção(SARS-Cov-2 contágio) ou evitando que a infeção se transforme em doença ( COVID-19); especialmente doença grave e potencialmente letal.

Eu enquanto Podologista estou a trabalhar apenas em situações comprovadamente urgentes, designadamente situações inadiáveis como doentes diabéticos com lesão, situações de infeções ou situações altamente limitativas de forma a evitar o desespero/ansiedade dos meus pacientes e controlar a patologia. No entanto recomendo a todos os Portugueses que se encontram em casa com os seus filhos, que circulam dentro de casa muitas vezes descalços a lavar e desinfetar bem os pés evitando assim uma possível via de contágio; isto porque toda a prevenção é pouca e se as crianças caminham descalças é necessário desinfetar os pés porque ao tocar com as mãos nos pés e ao tocar na face também pode converter-se numa forma de contágio. No caso de o contágio acontecer, existem várias situações que podem ocorrer:

  • infeção assintomática (sem doença);
  • doença leve ou moderada;
  • doença grave e potencialmente letal.

 

SABE O QUE DETERMINA A FORMA COMO A INFEÇÃO VAI EVOLUIR? EU EXPLICO:

 A infeção vai evoluir de acordo com o seu SISTEMA IMUNITÁRIO; é este que determina como a infeção vai evoluir e desta forma é fundamental fortalecer o seu sistema imunitário. 

MAS COMO PODE REFORÇAR O SEU SISTEMA IMUNITÁRIO?
  • Evite o medo e o pânico – estes fatores causam ansiedade que aumenta a produção de cortisol e outras substâncias depressoras da imunidade;
  • Reduza a ansiedade – a melhor forma de o fazer é efetuar uma respiração controlada pratique-a várias vezes ao dia: sente-se com as costas retas, feche os olhos e boca, respire de forma lenta e suave e o mais profundamente possível por alguns minutos com total atenção na entrada e saída de ar. Este tipo de respiração tem uma ação ansiolítica instantânea, aumenta substancialmente a oxigenação do organismo e assim melhora o funcionamento de todas as células inclusive as do sistema imunitário;
  • Mantenha um regime de sono regular; pois noites mal dormidas diminuem a imunidade;
  • Reduzir o consumo de álcool, tabaco e drogas – estes podem comprometer a imunidade;
  • Hidratação adequada – o nosso corpo é constituído 55% a 60% de água e esta é essencial para o funcionamento de todas as células e órgãos, inclusive os responsáveis pela defesa contra agentes infeciosos como o novo coronavírus SARS-Cov-2, causador da doença Covid-19;
  • Suplementação de vitaminas e sais minerais – sabe-se que as vitaminas e sais minerais exercem ação antiviral comprovada, no entanto não foram testadas em relação ao SARS-Cov-2. As vitaminas com ação testada antiviral são: vitamina A,B,C,D, Selénio, Zinco, Ferro e Ácidos gordos ómega 3.
  • Consuma alimentos que reforcem o sistema imunitário e com atividade antimicrobiana tais como: Limão, curcuma, aveia, gengibre, açaí, linhaça, brócolos, uvas tintas e amendoim, mel, soja e kefir.

 

Por outro lado, é importante não passar muito tempo sentado para evitar a dificuldade do retorno venoso dos pés, ou seja, o edema (este é provocado pela falta de movimento); ao que aconselho a marcha em casa com frequência de uma divisão para outra e se possível subir e descer escadas.

SABE QUAL O PERÍODO MAXIMO QUE DEVE FICAR SENTADO PARA EVITAR PROBLEMAS NOS PÉS?

Passar mais de 4horas sentado sem efetuar movimento pode levar ao desenvolvimento de um trombo (tromboflebite); assim aconselho a não permanecer mais de 2 horas sentados e muito importante nunca cruze as pernas mantenha-as sempre esticadas, utilize roupa cómoda e meias de compressão em pessoas com alterações circulatórias, aproveite e faça exercício físico; pois existem muitas opções na internet de ginásios que incentivam á prática de desporto em casa.

Nunca se esqueça a situação epidemiológica que se vive a nível mundial, causada pela pandemia de Covid-19, e o aumento dos casos de infeção em Portugal, com o alargamento progressivo da sua expressão geográfica só exige de si o isolamento social, POR FAVOR FIQUE EM CASA.

Dra. Fátima Carvalho
Licenciada em Podologia
Especialização em cirurgia de Ante-pé (NYCPM), USA

logotipo podo png



Loading...